X
X

Detalhes de notícias

19
maio
2017

Gramíneas e alfafa

Silagem de gramíneas: por que usar inoculantes?

Como vinho ou queijo, a ensilagem é uma técnica milenar de preservação baseada em fermentação. É, portanto, um processo natural, que depende da ação de bactérias acidificantes encontradas nas plantas. Mas, às vezes, a natureza precisa de uma pequena ajuda para garantir que as coisas dêem certo e o processo de fermentação seja ideal. A adição, na hora da colheita, de bactérias selecionadas, ou inoculantes para silagem, em quantidade suficiente para garantir a fermentação adequada, mesmo em condições que não são ideais, pode ajudar (o que também é verdade para queijo e vinho!). Isso é especialmente verdade no caso de gramíneas por diversas razões:

  • Gramíneas têm baixo teor de açúcares:  açúcar é o principal composto que inicia a fermentação lática, o que faz das gramíneas um material difícil de ensilar. Consequentemente, a fermentação é lenta, deixando maior espaço para a ocorrência de fermentações indesejáveis, levando à deterioração.
    • Inoculantes para silagem contêm bactérias ácido-láticas específicas e enzimas para quebrar açúcares complexos, ambos contribuindo para uma maior rapidez no processo fermentativo.
  • Nem tudo pode ser controlado: problemas climáticos… você não pode prever este tipo de problema durante a colheita ou ensilagem.
    • O uso de inoculante para silagem é uma segurança contra condições desfavoráveis.
  • Mesmo que as práticas no manejo da silagem sejam boas,  perdas de matéria seca ocorrem durante todo o processo, desde o campo até o cocho. De fato, a perda média de matéria seca para silagem de gramíneas, do campo ao fornecimento, pode chegar a valores próximos de 23,6% (Buckmaster, Rotz and Black).
    • Inoculantes minimizam as perdas de nutrientes durante todo o processo:
      • A rápida fermentação inicial previne a deterioração da silagem durante o armazenamento.
      • Durante todo o processo fermentativo graças à seleção de bactérias que são ativas em diferentes níveis de pH.
      • No fornecimento: em primeiro lugar, a taxa de fornecimento adequada é fundamental para assegurar a mínima perda de MS devido ao aquecimento e fermentações secundárias. Entretanto, silagem bem preservada e bem vedada se manterá fresca por mais tempo. Além disso, o uso de bactérias protetoras do painel do silo, como Propionibacterium acidipropionici ajuda a controlar a ação de bactérias deterioradoras e reduz o aquecimento da silagem durante o fornecimento, protegendo ainda mais o conteúdo de MS e nutrientes.

O uso de inoculantes adaptados para silagem de gramíneas pode ajudar a preservar o valor da forragem e a lucratividade da fazenda em cada etapa do processo!